O conhecimento no campo de engenharia e gestão do conhecimento

Flávio Marcelo Risuenho dos Santos, Richard Perassi Luiz de Sousa

Resumo


Há uma diversidade de interpretações dos conceitos de termos como “informação” e “conhecimento”, implicando as idéias de valor da informação e de valor do conhecimento, com suas características meramente estruturais. Isso dificulta o entendimento e a aceitação de novas áreas de estudos como, por exemplo, a área de Engenharia e Gestão do Conhecimento. Com base na revisão de parte dessa diversidade teórica e de suas críticas, este texto propõe a inclusão e a expansão do termo “cognição” como fator necessário à diferenciação entre os termos “informação” e “conhecimento”, no campo de Engenharia e Gestão do Conhecimento. Além disso, são destacadas algumas implicações desse posicionamento epistemológico na revisão dos processos de conversão do conhecimento, previstos por Nonaka e Takeuchi (1997), e de modelagem ao nível do conhecimento, proposta por Allen Newell (1981).

Palavras-chave


Conhecimento; Valor; Gestão do Conhecimento; Engenharia do Conhecimento

Texto completo:

PDF




rodapé PCI
Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: (31) 3409-5227 





cc
A Revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
DOAJ           IBCT - SEERCapes       Sistema de Bibliotecas UFMG           ECI- UFMG            Periodicos UFMG       Portal Scielo