Perspectivas jurídicas da relação entre big data e proteção de dados

Mártin Marks Szinvelski, Taynara Silva Arceno, Lucas Baratieri Francisco

Resumo


O fenômeno do big data apresenta-se como efeito inevitável da quarta revolução industrial. Levando-se em consideração o incremento da quantidade de dados pessoais compartilhados diariamente na internet, o presente trabalho tem como objeto discutir a (in)compatibilização entre o big data e a proteção dos dados pessoais. Para que isso seja possível, se abordará a sociedade em rede, a resiginificação da privacidade e o próprio conceito de big data, de modo a apresentar, ao final da pesquisa exploratória, a conclusão. Ao Direito não cabe determinar o que a tecnologia deve ser, de modo a impedir o livre desenvolvimento tecnológico, medida que prejudicaria, sobretudo, o crescimento econômico do país. O papel do Direito no âmbito da relação entre big data e proteção dos dados pessoais associa-se mais a noção de “escudo”, ou seja, como barreira frente à violação de direitos e o uso indiscriminado dos dados pessoais sem o consentimento dos titulares.

Palavras-chave


big data, privacidade, proteção de dados pessoais, tecnologia

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hannah. La disobbedienza civile e altri saggi. Milano: Giuffré, 1985.

BOBBIO, Norberto. O futuro da Democracia. Tradução de Marco Aurélio Nogueira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

BOLZAN DE MORAIS, José Luis. O fim da geografia institucional do Estado. A “crise” do estado de direito! In: STRECK, Lenio Luiz (orgs.). Constituição, Sistemas Sociais e Hermenêutica, n.13. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2017. p.77-97.

CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

BRASIL. Lei n.º 13.709, de 14 de agosto de 2018. Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Disponível em: . Acesso 16 jul. 2019.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. 18. ed. São Paulo: Paz e Terra. 2017.

FROSINI, Vittorio. Cibernética, derecho y sociedad. Madrid: Tecnos, 1982.

FROSINI, Vittorio. La protezione della riservatezza nella società informatica. Rivista Informatica e diritto, VII Annata, Vol. VII, 1981, n. 1.

GOMES, Rodrigo Dias de Pinho. Big data: desafios à tutela da pessoa humana na sociedade da informação. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017.

ITS Rio. Big Data no projeto Sul Global: Relatório sobre estudos de caso. Disponível em:. Acesso em: 03 jul. 2019.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência. 2.ed. Rio de Janeiro: Ed. 34. 2011.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. 3.ed. São Paulo: Ed.34, 2011.

LIMBERGER, Têmis. Cibertransparência: informação pública em rede: a virtualidade e suas repercussões na realidade. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2016.

LIMBERGER, Têmis. O direito à intimidade na era da informática: A necessidade de proteção dos dados pessoais. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.

MAYER-SCHONBERGER, Viktor; CUKIER, Kenneth. Big data: a Revolution that will transform how we live, work, and think. New York: Houghton Mifflin Harcourt, 2013.

MENEZES NETO, Elias Jacob de. Surveillance, democracia e direitos humanos: os limites do estado na era do Big Data. Tese de Doutorado. UNISINOS. Programa de Pós-Graduação em Direito. São Leopoldo. 2016.

PÉREZ LUÑO, Antonio-Enrique. Teledemocracia, ciberciudadania y derechos humanos. Revista Brasileira de Políticas Pública, Brasília, DF, v.4, n.2, p.10, 2014.

PIÑAR MAÑAS, José Luis. Sociedad, innovación y privacidad. Información Comercial Española, ICE: Revista de economía, Madrid, n. 897, p.70, jul./ago, 2017.

RICAHARDS, Neil M.; KING, Jonathan H. Three Paradoxes of Big Data (September 3, 2013). 66 Stanford Law Review Online 41 (2013).

RODOTÀ, Stefano. Democracia y protección de datos. Cuadernos de Derecho Público, Bogotà, n. 19-20, p.15-26, mayo-diciciembre, 2003.

RODOTÀ, Stefano. El derecho a tener derechos. Madrid: Trotta, 2014.

RODOTÀ, Stefano. Por que é necessária uma Carta de Direitos da Internet?. Civilistica.com, Rio de Janeiro, nº 2, jul./dez.2015. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2019.

RUBINSTEIN, Ira S. Big Data: The end of privacy or a new beginning?, International Data Privacy Law, 2013.

SCHWAB, Klaus. A quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro, 2016.

UNITED STATES OF AMERICA. Department of Justice: What is the USA Patriot Web, 2019. Disponível em: . Acesso: 30 jun. 2019.

UNITED STATES OF AMERICA. National Security Agency, 2019. Disponível em: . Acesso em 30 jun. 2019.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG