Cultura informacional: uma análise léxico-morfológica

Alexandre Robson Martines, Luana Maia Woida, Carlos Cândido Almeida

Resumo


A Cultura Informacional é considerada um campo novo na Ciência da Informação, seu objetivo é discutir os valores culturais voltados à informação como indicadores determinantes para retratar uma realidade informacional. A intenção é compreender a Cultura Informacional para identificar as necessidades de informação, organizar a informação e o conhecimento para definir estratégias de controle, intervenção, sistematização e disseminação do conhecimento desenvolvido e proposto nos contextos e domínios em que são aplicados. Todavia, há um fator importante para se debater sobre cultura informacional: a terminologia. Após a criação do termo, o conceito passou a ser explorado em vários debates, dentro e fora da Ciência da Informação, no entanto, por não haver uma definição terminológica, vários termos foram aplicados para resgatar o conceito, fator que proporcionou dificuldades para resgatar trabalhos de pesquisa, gerando, inclusive ambiguidades e divergências na sua interpretação. Diante disso, a proposta deste trabalho é fazer uma análise linguístico-terminológica a fim de identificar na linguística teorias que contribuem para a adequação do termo preferido, proporcionando um resgate consciente das relações morfológica em sua composição e suas adequações semânticas na estruturação da expressão, bem como sua representação discursiva. Para tanto, torna-se importante resgatar definições de vários teóricos que discutiram o tema. Ademais, compreende-se ser necessário resgatar definições sobre as teorias envolvidas a fim de criar um arcabouço capaz de, se não pôr fim a discussão acerca do termo, ao menos, fornecer ferramentas estruturais para alinhar às expectativas produzidas no cenário sobre a função que ocupa na Ciência da Informação.

Palavras-chave


Cultura Informacional; Análise Léxico-Morfológica; Terminologia; Análise Metalinguística; Tradução Terminológica; Representação Discursiva

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, R. Elementos da Semiologia. Trad. lzidoro Blikstein. 16. ed. São Paulo : Cultrix, 2006.

BARTHES, R. Mitologias. Trad. Rita Buong. 4a ed.Rio de Janeiro: DIFEL, 2009.

CUNHA, A.G. Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa. Assistentes Cláudio Mello Sobrinho et al. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

DAHLBERG, I. Teoria do Conceito. Ciência da Informação, 7(2), 101-107, 1978

HEGEL, G. W. F. Fenomenologia do espírito. 2ª ed. Vozes: Rio de Janeiro, 1992.

HJORLAND, B. Concept Theory. Journal of the American Society for Information Science and Techonology, 60(8), 1519-1536, 2009

JAKBSON, R. Linguística e Comunicação. Trad. lzidoro Blikstein. 26ed. São Paulo: Cultrix, 2011

LE DEUFF, O. Bouillon de cultures la culture de l’information est-elle un concept international ?. Colloque ERTé 2008, L’éducation à la culture informationnelle, Oct 2008, France. pp.1-7, 2008. Acesso em: 20 out. 2018.

MAURY, Y. Définition(s) de la culture informationnelle. [Rapport de recherche] Lille 3. 2010. 〈hal-01009392〉Acesso em 05 nov. 2018

MORAES, L. B.; BARBOSA, R. R. Cultura informacional: uma proposta de modelo com foco organizacional. Informação & Sociedade, João Pessoa, v. 25, n. 3, p.131-146, dez. 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2018.

PEIRCE, C.S. Semiótica. São Paulo: Perspectiva, 2000

PICHS FERNÁNDEZ, A; PONJUÁN DANTE, G. La Cultura Informacional: sus principales relaciones conceptuales Ciencias de la Información, vol. 45, núm. 2, mayo-agosto, 2014, pp. 33-37 Instituto de Información Científica y Tecnológica La Habana, Cuba. Acesso em 15 nov. 2018

SAUSSURE, F. Curso de linguística geral. Trad. Bras. Antônio Chelini et al. São Paulo: Cultrix, 2006

SUNDQVIST, A.; SVÄRD, P. Information culture and records management: a suitable match? Conceptualizations of information culture and their application on records management. International Journal Of Information Management, [s.l.], v. 36, n. 1, p.9-15, fev. 2016. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijinfomgt.2015.08.004. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2018.

WOIDA, L. M. A cultura informacional na Documentação. Jundiaí: Paco Editora, 2016.

ZABALA. A. A prática educativa: como ensinar. Trad. Ernani F. da Rosa. Porto Alegre: Artmed, 1998.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG