A ilusão do colapso do tempo e do espaço na comunicação digital

Ana Taís Martins Portanova Barros

Resumo


Esse artigo propõe-se equacionar certos aspectos da experiência do tempo e do espaço na comunicação digital, investigando sua convergência e/ou divergência em relação à experiência mítica da atemporalidade. Conclui-se que, embora a comunicação digital pareça prescindir dos lugares e, aparentemente, não estabeleça relações necessárias de causa e efeito entre as informações que distribui, sua dependência da sucessão de eventos distancia-a do que seria uma experiência mítica do tempo e, portanto, do espaço.

Palavras-chave


comunicação digital; mito; redes sociais; tempo; espaço.

Texto completo:

PDF

Referências


BLANCHÉ, R. A ciência actual e o racionalismo. Porto: RÉS Editora, 1993.

SANTOS, B. de S. Introdução a uma ciência pós-moderna. Rio de Janeiro: Graal, 1989.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

DUPONT, J.-C. Mémoire et héritage scientifique de William James. Archives de Philosophie, tome 69,(3), 2006, p. 443-460. Disponível em:

https://www.cairn.info/revue-archives-de-philosophie-2006-3-page-443.htm

Acesso em: 13 mai. 2018.

DURAND, G. Les structures anthropologiques de l'imaginaire. Paris: Dunod, 2016.

ELIADE, M. Le Mythe de l'éternel retour. Paris: Gallimard, 1989.

ELIADE, M. Mitos, sonhos e mistérios. Lisboa: Edições 70, 2000.

FEYERABEND, P. K. Adeus à razão. Lisboa: Edições 70, 1991.

GLEISER, M. A origem do tempo. Folha de S. Paulo, São Paulo, 23/11/2008. Disponível em: : www1.folha.uol.com.br/fsp/ciência/fe2311200803.htm. Acesso em: 13 mai. 2018.

HAMMOND, C. Time Warped: Unlocking the Mysteries of Time Perception. Edinburgh and Londres: Canongate, 2012.

JAMES, W. Principles of Psychology. New York: Dover Publication Inc, 1950.

MOTTA, M. P. da. Topologia dos backbones de internet no Brasil. Sociedade & Natureza, n. 24, 2012, p. 21-35. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1982-45132012000100003. Acesso em: 12 mai. 2018.

NORMILE, D. Where time goes up and down. Science, n. 6080, 2012, p. 411. Disponível em: http://science.sciencemag.org/content/336/6080/411/tab-pdf. Acesso em: 7 jul. 2018. DOI: 10.1126/science.336.6080.411

THE BIGGEST questions in science. Nature, vol. 557, 2018. Disponível em: https://www.nature.com/collections/mnwshvsswk. Acesso em: 12 mai. 2018.

THOMPSON, J. B. Shifting boundaries of public and private life. Matrizes, São Paulo, n. 1, 2010, p. 11-36. Disponível em: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v4i1p11-36. Acesso em: 18 mai. 2018.

TORRANO, J. O mundo como função de musas in HESÍODO. Teogonia. A origem dos deuses. São Paulo: Iluminuras, 2012, p. 13-100.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG