Coleções fotográficas: Discussões em torno do processo de intervenção arquivística

Tatiele Araujo da Costa, Mateus de Moura Rodrigues

Resumo


O presente artigo traz uma discussão em torno do processo de intervenção arquivística realizado ao acervo fotográfico do Memorial Cel. Claudino do 6º Batalhão de Polícia Militar de Rio Grande. O mesmo aborda o processo de digitalização, onde foi possível analisar os resultados obtidos em dois equipamentos distintos e elencar prós e contras do processo. Após, foi realizado a busca por personagens para obtenção de relatos que fornecessem a descrição das peças. Em caráter complementar, utilizou-se ferramentas virtuais para identificar e acrescentar descrições. Logo, criou-se um catálologo seletivo como instrumento de pesquisa para fornecer organizadamente as descrições obtidas, a partir da Norma Brasileira de descrição arquivística – NOBRADE. Entretanto, a última etapa do processo foi a inserção das peças fotográficas e suas descrições em um blog criado de forma a disseminar o acervo e possibilitar uma interação dos visitantes à ferramenta possibilitando a colaboração nas descrições expostas.

Palavras-chave


Fotografias; Digitalização; Descrição; Catálogo; Blog.

Texto completo:

PDF

Referências


ARQUIVO NACIONAL. Dicionário brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005.

BELLOTTO, Heloisa Liberalli. Arquivos permanentes. Tratamento documental. 4. Ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

BLAYA PEREZ, Carlos. Difusão dos arquivos fotográficos. In: Caderno de rquivologia, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Departamento de Documentação, Curso de Arquivologia. N.2. Santa Maria: UFSM, 2005. p.07-22.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. Recomendações para Digitalização de Documentos Arquivísticos Permanentes. 2010.

FREUND, Gisele. Fotografia e Sociedade. 2.ed. Lisboa: Vega, 1995.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

KOSSOY, Boris. Realidades e ficções na trama fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 1999.

_____________. História. 2.ed. São Paulo: Ateliê, 2001.

LOPEZ, André Porto Ancona. Como descrever documentos de arquivo: elaboração de instrumentos de pesquisa. São Paulo: arquivo do estado, imprensa oficial, 2002. 64 p. (projeto como fazer, 6).

MOSCIARO, Clara. Diagnóstico de conservação em coleções fotográficas. Rio de Janeiro: Funarte, 2009.

PORTELLA, Viviane. Difusão virtual do patrimônio documental do arquivo público do Estado do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado. 2012

PONTES, Renata Lopes; FILHO, José Aires de Castro. O uso do blog como ferramenta de ensino-aprendizagem por professores do Projeto Um Computador por Aluno (UCA). Anais do XXII SBIE – XVII WIE. 2011

PRIMO, A. F. T.; RECUERO, R. da C.. Hipertexto Cooperativo: Uma Análise da Escrita Coletiva a partir dos Blogs e da Wikipédia. Revista da FAMECOS, n. 23, 2003, p. 54-63. In. PONTES, Renata Lopes; FILHO, José Aires de Castro. O uso do blog como ferramenta de ensino-aprendizagem por professores do Projeto Um Computador por Aluno (UCA). Anais do XXII SBIE – XVII WIE. 2011

RIBEIRO, Aldo Ladeira. Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul: um

monumento de tradição. Porto Alegre: Comissão Literária do Sesquicentenário

da BM. 1987.

SILVA, Edna Lúcia; MENEZES, Ester. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 4. ed. rev. atual. – Florianópolis: UFSC. 2005.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG