Revisitando ontologia e metadados à luz dos ambientes informacionais digitais

Fabiano Ferreira de Castro, Ana Carolina Simionato Arakaki

Resumo


O cenário contemporâneo marcado pela explosão informacional torna-se imprescindível que os ambientes informacionais altamente distribuídos, como a Web, compartilhem e colaborem com dados e informações organizadas e estruturadas. Tal realidade tem desafiado profissionais de diversas áreas do conhecimento, sobretudo, os da área da Ciência da Informação a buscar soluções para o tratamento informacional de tais ambientes, a fim de garantir mecanismos para a busca e a recuperação de recursos informacionais eficientes. Elucida-se que o tratamento dado ao recurso informacional requer uma descrição de forma e de conteúdo legível por máquinas, com resultados compreensíveis aos humanos, e, que ainda, atenda aos requisitos de interoperabilidade entre os ambientes informacionais. Objetiva-se verificar a dimensão relacional entre os instrumentos para a representação de dados e informações, tais como a ontologia e os metadados, considerados como pilares para a modelagem, a estruturação de catálogos e sistemas bibliográficos. Por meio de uma metodologia exploratória e descritiva interdisciplinar nas áreas da Ciência da Informação e da Ciência da Computação identificam-se elementos conceituais, a fim de apontar a necessidade da construção de ambientes informacionais digitais estruturados e padronizados. A utilização da ontologia e dos metadados de forma sinérgica apresenta importância capital para a representação e a descrição de recursos bibliográficos nos ambientes informacionais digitais atualmente, proporcionando a modelagem dos catálogos bibliográficos e a interoperabilidade semântica entre diferentes sistemas e plataformas.

Palavras-chave


Ontologia. Metadados. Modelagem de ambientes informacionais digitais. Interoperabilidade. Informação e Tecnologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. B. Revisiting ontologies: a necessary clarification. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 64, n. 8, p. 1682-1693, 2013.

ALMEIDA, M. B. Uma abordagem integrada sobre ontologias: Ciência da Informação, Ciência da Computação e Filosofia. Perspectivas em Ciência da Informação, v.19, n.3, p.242-258, jul./set. 2014.

ALVES, R. C. V. Web Semântica: uma análise focada no uso de metadados. 2005. 180 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2005.

BACA, M. Introduction to metadata 3.0. 2. ed. Los Angeles: The Getty Research Institute, 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2017.

BÜRGER, T.; SIMPERL, E.; TEMPICH, C. Methodologies for the creation of semantic data. IN: SICILIA, M. A. Handbook of metadata, semantics and ontologies. London: World Scientific Publishing Co, 2014. p. 185-216.

CASTRO, F. F. de; SANTOS, Plácida L. V. A. C. Os metadados como instrumentos tecnológicos na padronização e potencialização dos recursos informacionais no âmbito das bibliotecas digitais na era da web semântica. João Pessoa, Informação & Sociedade: Estudos, v. 17, n. 2, p. 13-19, maio/ago. 2007.

CASTRO, F. F. de. Padrões de representação e descrição de recursos informacionais em bibliotecas digitais na perspectiva da ciência da informação: uma abordagem do MarcOnt initiative na era da web semântica. 2008. 201 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista – UNESP, Marília, 2008.

CASTRO, F. F. de. Elementos de interoperabilidade na catalogação descritiva: configurações contemporâneas para a modelagem de ambientes informacionais digitais. 2012. 202 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2012.

CHATEAUBRIAND, O. A filosofia, a linguagem e o mundo. In: BRITO, A. N. de; VALE, O. A. Filosofia, linguística, informática: aspectos da linguagem. Goiânia: Ed. UFG, 1998.

CORCHO, O.; FERNÁNDEZ-LOPEZ, M.; GÓMEZ-PÉREZ, A. OntoWeb: ontology-based information exchange for knowledge management and electronic commerce. Technical RoadMap, v. 1.0. Madrid: Universidad Politécnica de Madrid, 2001. Disponível em: . Acesso em: 23 jan. 2017.

CRUZ, I. F.; XIÃO, H. The role of ontologies in data integration. Journal of Engineering Intelligent Systems, vol. 13, no. 4, 2005. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2017.

CUNHA, L. M. S. Web semântica: estudo preliminar. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2002. Disponível em: . Acesso em 03 fev. 2017.

GREENBERG, J.; SUTTON, S.; CAMPBELL, D. Metadata: a fundamental component of the semantic web. Bulletin of the American Society for Information Science, v. 29, n. 4, p.16-18, 2003.

GRUBER, T. What is an ontology? Knowledge Acquistion, v. 5, n. 2, p. 199-220, 1993. Disponível em:

stanford.edu/kst/what-is-an-ontology.html>. Acesso em: 10 jul. 2017.

HEATH, T.; BIZER, C. Linked data: evolving the web into a global data space. Morgan & Claypool, Vol. 1 no. 1, 2011. 136 p. (Synthesis Lectures on the Semantic Web: Theory and Technology). Disponível em: < http://linkeddatabook.com/editions/1.0/#linkedData>. Acesso em: 15 jun. 2017.

JACOB, E. K. Ontologies and the semantic web. Bulletin of the American Society for Information Science and Technology, v. 29, n. 4, p. 19-22, Apr./May, 2003. Disponível em: < http://www.asis.org/Bulletin/Apr-03/jacob.html>. Acesso em: 27 abr. 2017.

LASSILA, O.; SWICK, R. R. Resource description framework (RDF) model and syntax specification. [S. l.: S. n.], 1999. Disponível em: . Acesso em: 3 jul. 2017.

LUBAS, R.; JACKSON, A.; SCHNEIDER, I. The metadata manual: a practical workbook. Sawston: Elsevier, 2013.

MILSTEAD, J.; FELDMAN, S. Metadata: cataloging by any other name. Online, [S. l.], January 1999. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2017.

NISO. Understanding metadata. Bethesda, USA: National Information Standards Organization, 2004. 20 p. Disponível em: < http://www.niso.org/publications/press/UnderstandingMetadata.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2017.

OWL. Web Ontology Language. Use cases and requirements. W3C recommendation, 10 Feb. 2004. Disponível em: < http://www.w3.org/TR/webont-req/#onto-def>. Acesso em: 27 abr. 2017.

SARACEVIC, T. Interdisciplinary nature of information science. Ciência da Informação, Brasília, v. 24, n. 1, p. 36-41, 1995.

SENSO, J. A.; ROSA PIÑERO, A. El concepto de metadato: algo más que descripción de recursos electrónicos. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 2, p. 95-106, 2003. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2017.

SIMIONATO, A. C. Modelagem conceitual DILAM: princípios descritivos de arquivos, bibliotecas e museus para o recurso imagético digital. 2015. 200 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Marília/SP, 2015.

SIQUEIRA, M. A. XML na ciência da informação: uma análise do MARC21. Marília, 2003, 134 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2003.

SOUZA, R. R.; ALVARENGA, Lídia. A web semântica e suas contribuições para a ciência da informação. Ciência da Informação, v. 33, n. 1, p. 132-141, jan./abr. 2004.

TAYLOR, A. G. The organization of information. 2. nd. Westport: Libraries Unlimited, 2004. 417 p. (Library and Information Science Text Series).

VELLUCCI, S. L. Metadata and authority control. Library Resources and Technical Services. Vol. 44, no. 1, p. 33-43, Jan. 2000.

VICKERY, B. C. Ontologies. Journal of Information Science, London, v. 23, n. 4, p. 227-286, 1997.

ZENG, M. L.; QIN, J. Metadata. New York: Neal-Schuman Publishers, 2008. 365 p.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG