Preprints na comunicação científica da Física de Altas Energias: análise das submissões no repositório arXiv (2010-2015)

Gonzalo Rubén Alvarez, Sônia Elisa Caregnato

Resumo


A circulação de preprints na Física de Altas Energias (FAE) remonta a mais de meio século, tendo como objetivos principais acelerar o processo de comunicação científica entre os pares e estimular o acesso livre à literatura especializada da área. O artigo analisa o conjunto de preprints submetidos às diferentes categorias FAE do repositório temático especializado arXiv no período 2010-2015 que foram posteriormente publicados em revistas peer review. Os indicadores bibliométricos demonstram a potencialidade dos preprints como canal precursor de difusão de resultados científicos visto que 70% das submissões foram em seguida absorvidas pelas principais revistas da FAE. Conclui que o êxito alcançado pelas iniciativas Open Access arXiv e INSPIRE-HEP favoreceu o intercâmbio de informações e conhecimentos entre os pesquisadores. O modelo proposto pela FAE pode incentivar cientistas de áreas com características similares a instalarem repositórios e bancos de dados de preprints para suas disciplinas com o intuito de fortalecer a comunicação das descobertas científicas.

Palavras-chave


Comunicação científica; Preprints; Open Access; Física de Altas Energias.

Texto completo:

PDF

Referências


ArXiv. About ArXiv. 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 maio 2015.

AMAN, V. The potential of preprints to accelerate scholarly communication: a bibliometric analysis based on selected journals. arXiv preprint arXiv:1306.4856, 2013. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2015.

AYMAR, R. Scholarly Communication in High-Energy Physics: past, present and future innovations. European Review, v. 17, n. 1, p. 33-51, 2009.

BOURDIEU, P. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Editora UNESP, 2004.

BUSH, V. As we may think. Atlantic Monthly, v. 176, n. 1, p. 101-108, 1945. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2015.

GENTIL-BECCOT, A.; MELE, S.; BROOKS, T. C. Citing and reading behaviours in high-energy physics. Scientometrics, v. 84, n. 2, p. 345–355, 2010.

GOLDSCHMIDT-CLERMONT, L. Communication patterns in high-energy physics. High Energy Physics Libraries Webzine, n. 6/2002. Disponível em:

google.com.br/scholarcluster=14704071346888558677&hl=pt-BR&as_sdt=0,5>. Acesso em: 23 maio 2015.

HOCHMAN, G. A ciência entre a comunidade e o mercado: leituras de Kuhn, Bourdieu, Latour e Knorr-Cetina. In: PORTOCARRERO, V. (Org.). Filosofia, história e sociologia das ciências: abordagens contemporâneas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1994.

HURD, J. M. The transformation of scientific communication: a model for 2020. Journal of the American Society for Information Science, v. 51, n. 14, p. 1279–1283, 2000.

INSPIRE-HEP. HEP Search: High-Energy Physics Literature Database. 2016a. Disponível em: . Acesso em: 13 maio 2016.

______. About INSPIRE. 2016b. Disponível em:

/project/index>. Acesso em: 13 maio 2016.

KLING, R.; McKIM, G. Not just a matter of time: field differences and the shaping of electronic media in supporting scientific communication. Journal of the American Society for Information Science, v. 51, n. 14, p. 1306–1320, 2000.

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1997.

MEADOWS, J. A comunicação científica. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1999.

MELE, S. et al. Quantitative analysis of the publishing landscape in High-Energy Physics. Journal of High Energy Physics, v. 12, p. 1-25, 2006.

MUELLER, S. P. M. O impacto das tecnologias de informação na geração do artigo científico: tópicos para estudo. Ciência da Informação, Brasília, v. 23, n. 3, p. 309-317, set./dez. 1994.

______. A ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura científica. In: CAMPELLO, B. S.; CENDÓN, B. V.; KREMER, J. M. (Org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000. p. 20-34.

______. A comunicação científica e o movimento de acesso livre ao conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 35, n. 2, p. 27-38, maio/ago. 2006.

O'CONNELL, H. B. The horse that drank: electronic communication and the High Energy Physics community. SLAC-PUB-8566, 2000. Disponível em: . Acesso em 15 abr. 2015.

SENA, N. K. Open archives: caminho alternativo para a comunicação científica. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 3, p. 71-78, set./dez. 2000.

SØNDERGAARD, T. F; ANDERSEN, J.; HJØRLAND, B. Documents and the communication of scientific and scholarly information: revising and updating the UNISIST model. Journal of Documentation, v. 59, n. 3, p. 278-320, 2003.






Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG