O papel dos grupos de apoio e o compartilhamento da informação e do conhecimento nas avaliações das instituições de ensino superior privadas.

Armando Sergio de Aguiar Filho, Mônica Erichsen Nassif

Resumo


Este artigo é resultado de uma tese cujo objetivo foi analisar as práticas de compartilhamento da informação e do conhecimento em estruturas de Grupos de Apoio de Instituições de Ensino Superior Privadas, em seus processos de avaliações institucionais, de forma a perceber a existência de um comportamento preponderante. O trabalho foi desenvolvido a partir de pesquisa bibliográfica, tendo como foco o levantamento e a apresentação dos estudos relativos aos canais de compartilhamento da informação e do conhecimento, procurando identificar seus correlatos na área da administração. Na pesquisa utilizou-se metodologia mista qualitativa e quantitativa de estudo de casos múltiplos. O contexto da pesquisa foi o ensino superior privado, desenvolvendo-se estudos de caso em sete instituições do Estado de Minas Gerais. A pesquisa indicou considerações relevantes quanto ao entendimento das diversas abordagens utilizadas no que tange aos canais de compartilhamento, assim como as características comuns e diferenciadas destes meios e os impactos em suas dinâmicas que, analisadas em diferentes contextos, permitem avaliar e promover serviços de informação mais adequados para atender demandas específicas. Os resultados da coleta de dados com os sete Gestores dos Grupos de Apoio das instituições analisadas, e quarenta e quatro participantes desses grupos, demonstraram fortes evidências que, de fato, o compartilhamento do conhecimento gerado no Grupo de Apoio

Palavras-chave


Gestão do Conhecimento. Compartilhamento da Informação e do Conhecimento. Grupo de Apoio. Ensino Superior Privado.

Texto completo:

PDF

Referências


ADLER, P. S., HECKSCHER, C. Towards collaborative community. In: ADLER, P. S., HECKSCHER, C. The firm as a collaborative community: Reconstructing trust in the knowledge economy. Oxford, England: Oxford University Press. 2006, pp. 11–105.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm>. Acesso em 12/10/2014

CALIXTA, Mauro T. Gestão Estratégica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

CARVALHO, ADRIANE M. A. Conformação de um regime de informação: a experiência do Arranjo Produtivo Local de Eletrônica de Santa Rita do Sapucaí – Minas Gerais. 2009. Tese. (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola da Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede – a Era da Informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999. p. 87-172.

CHOO, Chun W. A Organização do Conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. 3. ed. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2003.

DAVENPORT, T. H.; PRUZAK, L. Conhecimento Empresarial: como as organizações gerenciam seu capital intelectual. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação da educação superior, regulação e emancipação. In: DIAS SOBRINHO, José; RISTOFF, DilvoIlvo (Org.). Avaliação e compromisso público. Florianópolis: Insular, 2003.

DRUCKER, Peter F. Sociedade Pós-Capitalista. São Paulo: Pioneira, 1993.

FINGER, A. Paulo. Gestão de Universidades: novas abordagens. Brasilia: Champagnat, 2007

FLEURY, A.; FLEURY, M. T. L. Aprendizagem e Inovação Organizacional: as experiências de Japão, Coréia e Brasil. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

FLEURY, O. M. M. J. Gestão Estratégica do Conhecimento: integrando aprendizagem, conhecimento e competências. São Paulo: Atlas, 2001.

FRANCIS, D. Young, D. Improving Work Groups: A Practical Manual for Team Building. San Diego, California: Pfeiffer e Company, 1992.

INEP. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/superior-sinaes. Acessado em: 15 de janeiro de 2016.

LEEHESVIRTA, T. Learning processes in a work organization: From individual to collective and/orvice versa? Journal of Workplace Learning, v. 16, 2004. pp. 92 – 100.

LÉVY, P. As Tecnologias da Inteligência. O futuro do pensamento na era da informação. In: LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisas em Educação: abordagem qualitativa. São Paulo: Editora Pedagógica Universitária, 1986.

McGEE, James V.; PRUSAK, Laurence. Gerenciamento Estratégico da Informação. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

NISEBAUM, H. Perspectivas em ciências da informação. Belo Horizonte: UFMG: 2002.

NISEMBAUM, H. Gestão do conhecimento: enriquecendo o capital humano. In: BOOG, G.; BOOG, M. Manual de gestão de pessoas e equipes. São Paulo: Gente, 2002. v. 2.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação do conhecimento na empresa. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

NONAKA, I. The Knowledge-creating company. Harvard Business Review, New York, v.69, n.6, p.96-104, Nov./Dec, 1995.

__________. A Dynamic theory of organizational knowledge creation. Organization Science, Linthicum, v.5, n.1, p.14-37, 1997.

STEWART, T. Capital Intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

TRIGUEIRO MENDES, Durmeval. Expansão do ensino superior no Brasil. Documenta, n. 91, set., 1968. p. 26-70.

_____________________________. Pesquisa e ensino no mestrado em educação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 58, n. 128, out.-dez., p. 249-264.

_____________________________. Realidade, experiência e criação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 59, n. 130, jul.-set., 1973. p. 227-240

WENGER, E. C.; SNYDER, W.M. Comunidades de prática: a fronteira organizacional. In: HARVARD BUSINESS REVIEW (Org.). Aprendizagem Organizacional. Tradução de Cásia Maria Nasser. Rio de Janeiro: Campus, 1998.






rodapé PCI
Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: (31) 3409-5227 





cc
A Revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
DOAJ           IBCT - SEERCapes       Sistema de Bibliotecas UFMG           ECI- UFMG            Periodicos UFMG       Portal Scielo