Privacidade do usuário na atividade de busca: o caso do Arquivo Público do Estado de São Paulo

Paula Regina Ventura Amorim Gonçalez, Ricardo César Gonçalves Santana, Maria José Vicentini Jorente

Resumo


Com o advento da Internet tornou-se possível superar os espaços temporais, havendo um ganho no conhecimento ao identificarmos que dificilmente as informações disponíveis seriam acessadas por um número de usuários potencialmente ampliado pelo uso das Tecnologias de Informação e Comunicação. A partir do ano de 2003, diante dessas novas possibilidades o Arquivo Público do Estado de São Paulo, ampliou sua forma de atuação ao disponibilizar parte de seu acervo documental no ambiente Web, disseminando informações arquivísticas e tornando-as acessíveis. A popularização da Internet e as políticas públicas de acesso à informação que garantem a todo cidadão tal direito por meio da Lei de Acesso à Informação nortearam este estudo que objetivou a aplicação do Framework para análise de privacidade, apresentado por Rubel e Biava (2014) no acesso à informação nos ambientes do Arquivo Público do Estado de São Paulo. A metodologia consistiu em uma investigação teórica baseada nos princípios de privacidade na ambiência física e digital e exploratório a partir da visita e da observação do referido arquivo em seus ambientes físicos e digitais. Verificou-se como resultado que o uso do Framework possibilita conhecer problemas de complexidade variada quanto ao grau de privacidade dos usuários nos diferentes ambientes.

Palavras-chave


Arquivos Permanentes; Web; Informação e Tecnologia; Privacidade

Texto completo:

PDF




Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: 031) 3409-5227 






A revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
       IET          IBCT - SEER Portal Scielo Capes Periodicos UFMG        Sistema de Bibliotecas UFMG