Representação no domínio bibliográfico: um olhar sobre os Formatos MARC 21

Fabrício Silva Assumpção, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos

Resumo


A representação da informação tem sido realizada em diversos domínios, um deles o domínio bibliográfico, onde está pautada em instrumentos, princípios, modelos e tecnologias, tais como os padrões de metadados e as codificações. Entre os padrões de metadados utilizados nesse domínio, estão os Formatos MARC 21, com origens na década de 1960. Considerando o amplo uso desses padrões, tem-se por objetivo (1) destacar os propósitos que conduziram à criação dos Formatos MARC 21, (2) apresentar as características da codificação dos registros nesses formatos e (3) discutir as principais críticas sobre sua situação atual. Para tanto, é realizada uma revisão de literatura sobre a origem do MARC e seu desenvolvimento até o MARC 21 e sobre a codificação de registros. Assim, é apresentada a codificação com a XML e o esquema MARCXML, bem como críticas aos Formatos MARC 21. Conclui-se que, apesar das críticas, os Formatos MARC 21 continuam sendo amplamente utilizados e disseminados e que, apesar das vantagens oferecidas pela XML, a codificação com a norma ISO 2709, criada para o intercâmbio de dados em fitas magnéticas na década de 1960, ainda é utilizada.

Palavras-chave


Formatos MARC 21; MARCXML; Padrões de metadados; Catalogação descritiva

Texto completo:

PDF


ISSN 1981-5344 (Online)
Classificação Qualis- CAPES- A 1 Ciências Sociais e Aplicadas - B 1 Administração, Ciências Contábeis, Turismo e Interdisciplinas - B 2 Educação, Arquiterura, Urbanismo, Engenharia III, Letras e Linguística, Planejamento Urbano e Reginal/Demografia
email- pci@eci.ufmg.br
telefone- (31) 3409 52 27