Biblioteca, memória e identidade social

Fabrício José Nascimento da Silveira

Resumo


Este artigo tem por objetivo refletir sobre a seguinte questão: qual a participação das bibliotecas púbicas no processo de constituição, preservação e difusão de referenciais identitários na contemporaneidade? Para tanto, aborda-se, em um primeiro momento, as diversas nuances que perpassam e caracterizam a questão do pertencimento cultural na pós-modernidade para, em seguida, analisar as relações que se instituem entre as noções de memória e identidade social. Por fim, discorre-se sobre as possibilidades de participação das bibliotecas públicas, enquanto “lugares de memória”, nos processos de constituição, preservação e difusão de discursos identitários na contemporaneidade.

Palavras-chave


Biblioteca – memória social; Biblioteca – identidade; Memória – discurso identitário; Lugares de Memória

Texto completo:

PDF




rodapé PCI
Revista Perspectivas em Ciência da Informação
Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270- 901 - Belo Horizonte -MG
Brasil
Tel: (31) 3409-5227 





cc
A Revista Perspectivas em Ciência da Informação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
DOAJ           IBCT - SEERCapes       Sistema de Bibliotecas UFMG           ECI- UFMG            Periodicos UFMG       Portal Scielo