MARKETING EM BIBLIOTECAS: SUBSÍDIOS PARA ELABORAÇÃO DE UM FÔLDER PARA A SEÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DO SESC

Felipe José Lêdo

Resumo


Este artigo objetiva relatar a experiência de planejar e propor a confecção e a implantação de um fôlder para a Seção de Documentação (SED) do Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio (SESC/DN). Para tanto, recorreu-se à uma sucinta revisão de literatura a fim de identificar conceitos fundamentais no âmbito do marketing e, fundamentalmente, no âmbito do marketing em bibliotecas. Com base nos conceitos discutidos na revisão de literatura, na análise do contexto institucional ao qual a SED está inserida e nos elementos destinados à confecção de guias para unidades informacionais relacionados pela NBR 10518, propõe-se a confecção de um fôlder com a função de promover os produtos e serviços desenvolvidos pela SED. Embora este seja um relato de experiência inconcluso, já que foi resultado apenas de um planejamento para a confecção e a implantação do fôlder, acredita-se que este artigo pode ser tomado como referência por outros bibliotecários que desejam lançar mão do marketing mas que não possuem muitos recursos disponíveis.

Palavras-chave


Serviços de informação. Marketing de Bibliotecas. Fôlder.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A revista Múltiplos Olhares em Ciência da Informação está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.