A atuação profissional em arquivos musicais: algumas considerações

Amanda Gomes

Resumo


Resumo: Tratar sobre as questões relativas aos arquivos musicais nos leva naturalmente a abordá-las a partir de duas áreas distintas: arquivologia e música, que se unem em prol de questionar, problematizar, refletir e procurar meios de intervir em favor da solução de problemáticas que perpassam a noção disciplinar de música e arquivística. O objetivo do presente trabalho consiste em apresentar algumas considerações relativas à atuação profissional junto aos acervos musicais que deve ser, inevitavelmente, interdisciplinar devido, sobretudo, as especificidades da documentação musical. Assume-se nesse trabalho, portanto, a ideia de integralidade entre as ações musicológicas e arquivísticas com relação ao tratamento da documentação nos arquivos e acervos musicais, ressaltando a necessidade de se empreender esforços interdisciplinares para lidar com a questão. Salienta-se os atuais diálogos estabelecidos com relação a interdisciplinaridade da atuação profissional em arquivos musicais, enfatizando os trabalhos desenvolvidos por musicólogos, arquivistas e profissionais da informação, em prol da sistematização destas atuações.

Texto completo:

PDF