Possibilidades de atividades colaborativas e cooperativas entre bibliotecários e gestores da informação em práticas profissionais de armazenamento, organização, fluxo e recuperação da informação

Valéria Bastos da Silva, Aurélio Fernando Ferreira, Sara Jordânia Reis Silva, Eurislândia Pereira de Oliveira, Clodoaldo Francisco dos Santos

Resumo


O dinâmico cenário do mercado de trabalho atual está permeado pelas novas tecnologias da informação e comunicação (TIC’s) o que exige dos profissionais, especificamente os que têm como objeto de trabalho a informação uma crescente capacitação para entender e utilizar-se de ferramentas que visam diminuir o tempo e o gasto de recursos em suas práticas e processos, bem como aumentar a precisão de seus resultados, sobretudo no que tange a eficiência dos processos decisórios e da tomada de decisão. Este artigo propõe, através de uma revisão das disciplinas e das práticas do Bibliotecário e do Gestor da Informação, mostrar as lacunas que podem ser preenchidas de forma cooperativa e colaborativa entre esses dois profissionais. O objetivo deste artigo é mostrar que o trabalho coletivo e colaborativo pode ser uma saída viável para a precisão e redução nas atividades do profissional da informação, diante do conceito de que cada atividade pode ser desempenhada, apoiada nos conceitos e práticas comuns de cada graduação, em colaboração e complementação com as práticas multidisciplinares de outras graduações da mesma área do conhecimento e objeto de estudo, com especificidades e técnicas à primeira vista iguais, mas que têm peculiaridades implícitas, trazendo uma realidade de cooperação com ganhos reais tanto para as organizações como para a sociedade.

Palavras-Chave: Profissional da informação. Trabalho colaborativo.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
A revista Múltiplos Olhares em Ciência da Informação está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.